| | 572 Utilizadores on-line |    

Login [Entrar]

 
   
 
  galeria fotográfica  
   
  histórias de caça  
  O Palanque 1  
  Autor: ANTÓNIO ALBERTO    
  Dia 30 de Abril de 2012, véspera de feriado, tirei mais um dia de férias de forma a aproveitar as noites de Lua e dedicar-me à atividade pela qual sempre fui um apaixonado, a caça, neste caso na modalidade de Espera.  
   

  Reserva de Caça e Pesca - Os Patos Bravos  
  Caçada de salto entre amigos!!!!  
  Autor: Pedro Miguel Matos Silva    
  Venho desta forma descrever uma caçada que ocorreu durante este ano de caça, na minha reserva de caça associativa, onde tinha presentes dois fiéis companheiros o meu grande amigo Rui Farinha Pereira, amigo este que durante muitos anos fui mochileiro e acompanhante de grandes aventuras e de grandes momentos cinegéticos, e de Manuel Silva, senhor este o meu pai, que me passou o grande vício da caça...  
   

  Um cão fora de série  
  Autor: João José Gouveia Teixeira    
  Há pessoas que nos marcam é certo, mas muitas vezes menosprezamos os nossos fiéis amigos de tantas e bonitas jornadas.  
   

  Vamos à Caça  
  Autor: Luis Augusto Melo Guimarães    
  Meu rapaz, como vais começar a vida de “graúdo”, quero deixar-te uns tantos conselhos que nunca mais deves esquecer: Quando acordares com dor de barriga, “alivia-te”! Quando te fores deitar com gripe, bebe vinho quente com mel (é cá uma bomba, que mata tudo)! Quando te doerem os rins, ficares com azia ou estiveres a ver mal, vai ao “doutor”! Quando andares ralado por causa das mulheres, chateado com a falta de dinheiro ou “f...” com os problemas da vida ... vai à caça!  
   

 

  opinião  
  Ainda se usam laços para capturar coelhos bravos na R.A.M.?  
  Os caçadores e o seu papel no combate ao furtivismo  
  Autor: João José Gouveia Teixeira    
  Eu, como caçador e amante da natureza, que sou fui educado a valorizar e respeitar o património que nos foi deixado pelos nossos antepassados. Mas nem sempre é assim e infelizmente ainda há quem pense de outra forma, no que diz respeito as espécies cinegéticas. Falo dos furtivos, pessoas a meu ver que não têm o minímo respeito pelas espécies cinegéticas, limitam-se a exterminar e abusar dos recursos.  
   

  In “Portugal Cinegético” edição nº4 de 15 Outubro de 1935  
  Os caçadores modernos ou os «matam tudo» de hoje  
  Autor: Carlos Pontes    
  Começo por pedir desculpa à geração moderna, mas as verdades têm que ser ditas. Antigamente o prazer da caça não era só matar, como hoje se faz. A ordem actual é encher a sacola de qualquer forma, não importa por que processo, a questão é atufulhar a dita, com que hoje nem sequer já alombam, contanto que no dia seguinte se saiba nos espingardeiros que o snr. Fulano matou... tantas! «Que grande Homem! dizem todos os colegas, mas os velhos caçarretas exclamam: «Que grande selvagem!», pois que estes só matavam o que necessitavam para a sua alimentação, e os novos de agora matam para a galeria.  
   

  O Atômico, o Ecológico e os Antis  
  Autor: Sérgio Corrêa de Siqueira    
  Já é hora dos portugueses marcharem pelo direito de caçar e possuírem armas; as alternativas não são muito boas.  
   

 livros
 
Detalhes

Júlio de Araújo Ferreira

BICHOS DA GUINÉ

75,00€

 
Detalhes

António Bomfim

DA CAÇA, PALESTRAS CINEGÉTICAS

35,00€

 
  comentário(s)  
  Lateiro  

 
 
 
 
 

| Ficha Técnica | Aviso Legal | Política de Privacidade |

 

(TES:7s) © 2004 - 2015 online desde 15-5-2004, powered by zagari